José Aguiar: roteiro, desenhos e edição

Quadrinista, editor e arte educador. Através de seu selo Quadrinhofilia, publica as séries Folheteen e Vigor Mortis Comics. Recebeu diversos prêmios, como Ângelo Agostini e Troféu HQMIX, além de ter sido vencedor do I Concurso Internacional de Quadrinhos do Senac-SP com sua obra Folheteen. Na França, desenhou a série Ernie Adams e para a coletânea Un Jour de Mai. Seus mais recentes livros publicados foram Folheteen – direto ao ponto e Reisetagebuch – Uma viagem ilustrada pela Alemanha. É cocriador do Cena HQ, que realiza leituras dramáticas mensais de HQs no teatro e da Gibicon – Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba. Atualmente, publica suas tiras Nada Com Coisa Alguma no jornal Gazeta do Povo e Folheteen no Guia Curitiba Apresenta. www.quadrinhofilia.com.br

 

Paulo Biscaia Filho: roteiro

Graduado em Artes Cênicas pela PUCPR e mestre em Estudos Teatrais pela Royal Holloway University of London, é professor de Teatro e Cinema da Faculdade de Artes do Paraná. Dirigiu diversas peças teatrais, como Morgue Story (2004), Graphic (2006), Hitchcock Blonde (2008), Seance – As Algemas de Houdini (2011) e Marlon Brando, Whiskey, Zumbis e Outros Apocalipses (2013). Recebeu oito troféus Gralha Azul nas categorias de Melhor Espetáculo, Melhor Diretor e Melhor Autor. No cinema, seu longa-metragem Morgue Story participou de mais de 40 festivais internacionais e recebeu oito prêmios, incluindo o de Melhor Filme de Horror no Festival de Swansea, País de Gales. Nervo Craniano Zero, seu segundo longa, recebeu dez prêmios internacionais, incluindo o de Melhor Diretor no New Orleans Horror Film Festival e Melhor Filme no Montevideo Fantástico. Estreou nas HQs com o primeiro volume de Vigor Mortis Comics. Em 2012, publicou pela editora Estronho o livro Palcos de Sangue, uma compilação de seus textos para teatro e sobre o Grand Guignol. http://www.vigormortis.com.br

 

DW Ribatski: desenhos

Artista plástico, quadrinista e professor. Destaque entre a nova geração de autores independentes, publicou as HQs Dois (Roax Press, 2014), Campo em Branco (Cia das Letras, 2013), Como na quinta série (Balão Editorial, 2012), La naturalesa (Coleção MIL, Cachalote/Barba Negra, 2011) e Vigor Mortis Comics (Quadrinhofilia/Zarabatana Books, 2011). facebook.com/dw.ribatski

 

André Ducci: desenhos

Quadrinista formado em gravura. Começou ilustrando para a marca de skate Drop Dead e se tornou conhecido pelo projeto Anatomista, que relaciona anatomia científica e artes gráficas. Já fez parte de projetos como Candyland e teve seu trabalho publicado em várias revistas, como Simples, Velotrol, Entropia, Boca, Aargh!!!, da República Tcheca, e Stripburger, da Eslovênia, além da coletânea MSP+50 em 2010 e Fierro Brasil em 2012. Ilustrou o livro Guia de Ruas sem Saída de Joca Reiners Terron, lançado em 2012, e tem várias HQs autorais publicadas em seu site andreducci.art.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s